ENTRE EM CONTATO E SAIBA COMO CUIDAR DO SEU ANIMAL COM ACUPUNTURA

Principais indicações

Problemas Osteomusculares:

  • Artrite
  • Artrose
  • Displasias Coxofemoral e Escápulo Umeral

Doenças Neurológicas:

  • Hérnia de disco
  • Paralisia e paresia de membros
  • Paralisia do Nervo Facial
  • Derrames (AVC)
  • Sequelas de Cinomose
  • Síndrome Vestibular
  • Síndrome de Wobbler
  • Convulsão e epilepsia
  • Incontinência urinária e fecal
  • Disfunção cognitiva
  • Encefalites

Dermatopatias:

  • Atopia
  • Piodermite superficial e profunda
  • Otite
  • Sarna demodécia
  • Seborréia oleosa

Distúrbios Comportamentais e de Estresse

  • Ansiedade
  • Lambedura Excessiva
  • Agressão
  • Procura de Atenção Excessiva
  • Choro
  • Escavação
  • Medo

Imunomodulador

Como funciona a acupuntura veterinária?

A acupuntura preconiza o reequilíbrio energético do corpo, a fim de promover um efeito terapêutico ou a homeostase do corpo. Melhora a circulação sanguínea, estimulação do sistema nervoso e a liberação de hormônios anti-inflamatórios e de alívio da dor. A técnica envolve a inserção de agulhas em pontos que se localizam na superfície da pele. Os acupontos podem ser feitos tanto local como distantes, os pontos locais como próprio nome já diz, tem efeito local e estimulação dos pontos gatilho. Já os pontos distantes estimulam fibras nervosas levando a regeneração nervosa combatendo a inflamação e promovendo analgesia.

Definição

A medicina integrativa visa restaurar e manter a saúde e bem-estar do animal, cada ser é tratado de forma individual buscando o equilíbrio do corpo como um todo, e não em partes fragmentadas. A acupuntura, eletroacupuntura, moxabustão, auto hemoterapia, cromoterapia, reiki, dietoterapia, ervas chinesas, homeopatia,  podem ser integradas nos tratamentos ocidentais (convencionais), de forma buscar a sinergia e proporcionar melhor qualidade de vida ao animal. Por se tratar de técnicas pouco invasivas, são bem aceitas pelos proprietários e principalmente aos animais.